top of page

A Importância da Salinização em Acessos Venosos Periféricos

Ao realizar um acesso venoso periférico, um dos passos essenciais é a salinização do cateter. Essa prática, apesar de fundamental, muitas vezes é mal compreendida ou negligenciada. Neste artigo, vamos explorar o que significa salinizar um acesso, por que é importante e como deve ser feito corretamente. Além disso, abordaremos a importância das boas práticas na administração de medicamentos para garantir a segurança do paciente.


O Que é Salinização do Acesso?

Salinizar um acesso venoso significa utilizar uma solução salina, geralmente uma solução fisiológica a 0,9%, para lavar o cateter. A solução fisiológica é estéril e possui uma osmolaridade compatível com os fluidos corporais, o que significa que ela não altera a osmolaridade do paciente. Esse procedimento é crucial para manter o cateter permeável e prevenir complicações, como a formação de coágulos e obstruções.


Por Que Salinizar é Importante?

  1. Prevenção de Coágulos: O sangue parado no cateter pode levar à formação de coágulos. O sangue contém vários componentes, incluindo plaquetas, que podem se agrupar e formar coágulos quando o fluxo sanguíneo é interrompido. A salinização ajuda a evitar que o sangue coagule dentro do cateter, mantendo-o funcional.

  2. Manutenção da Permeabilidade: Manter o cateter salinizado assegura que ele esteja sempre pronto para uso. Isso é especialmente importante em situações de emergência, onde o tempo é crucial.

  3. Redução do Risco de Infecção: A solução salina ajuda a manter o cateter limpo, removendo resíduos de medicamentos que poderiam interagir com o material do cateter e potencialmente causar infecções ou outras complicações.


Como Salinizar Corretamente um Acesso Venoso

  1. Preparação da Solução Salina: Utilize uma solução fisiológica estéril a 0,9%. Esta solução é ideal porque sua concentração de sódio é semelhante à dos fluidos corporais, não alterando a osmolaridade do paciente.

  2. Lavagem do Cateter Antes da Administração de Medicamentos: Antes de administrar qualquer medicamento, injete de 5 a 10 ml de solução salina no cateter para garantir que ele esteja desobstruído e pronto para o uso. Verifique se há resistência durante a injeção, o que pode indicar uma obstrução.

  3. Lavagem Após a Administração de Medicamentos: Após administrar o medicamento, lave o cateter com 10 ml de solução salina. Isso serve para empurrar todo o medicamento restante no cateter para dentro do paciente e garantir que o cateter permaneça livre de resíduos.

  4. Uso de Equipos Polifix e Three-Way: Equipos como Polifix ou válvulas de três vias são úteis porque permitem múltiplas administrações sem a necessidade de repetidas punções. Estes dispositivos também devem ser salinizados para evitar obstruções.


Considerações Adicionais

  • Administração Contínua vs. Intermitente: Em casos onde um paciente está recebendo uma infusão contínua, como soro fisiológico, é importante lembrar que o medicamento administrado em outra via do equipo também precisa ser empurrado adequadamente para evitar a formação de resíduos no cateter.

  • Ajuste de Gotejamento: Se você precisar abrir o fluxo para lavar o cateter, ajuste o gotejamento de volta ao ritmo prescrito após a administração. Isso é crucial para manter o tempo de infusão correto e evitar complicações.


Boas Práticas na Administração de Medicamentos

Participar de programas de treinamento e semanas de boas práticas, pode proporcionar uma compreensão mais profunda e atualizada das diretrizes e procedimentos. Essas iniciativas ajudam a garantir que todos os profissionais de saúde estejam alinhados com as melhores práticas para a segurança do paciente.


Conclusão

A salinização de acessos venosos periféricos é uma prática essencial para manter a funcionalidade do cateter, prevenir coágulos e reduzir o risco de infecções. Ao seguir as técnicas adequadas e manter-se atualizado com as boas práticas, os profissionais de saúde podem garantir um atendimento seguro e eficaz para seus pacientes.


Gostou do nosso conteúdo? Siga a gente no IG @praticaenfermagem para saber mais.

Opmerkingen


bottom of page